• Contato

  • Contato

  • Voltar
Glayson Arcanjo

É natural de Belo Horizonte / MG, 1975.
Artista visual.

Professor Auxiliar na área de Artes Visuais da Faculdade de Artes Visuais da Universidade Federal de Goiás (UFG). Área: Desenho. De 16.04. 2010 até a presente data. Atividades de ensino e graduação nas áreas de Desenho e Orientação de Trabalhos de Conclusão de Curso. Atividades de pesquisa e extensão. Atua principalmente com os seguintes temas: Processos de criação, Desenho.

FORMAÇÃO
Pós-Graduação: 
Doutorando em Artes Visuais (concentração: Poéticas Visuais e Processos de Criação) pelo Instituto de Artes da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Mestre em Artes (concentração: Arte e Tecnologia da Imagem) pela Escola de Belas Artes da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte. Dissertação defendida em abril 2008. Título: a(i)nda desenho. Orientador: Prof. Dr. Marcelo Kraiser.
Graduação: Bacharel em Artes Plásticas (2001-06) pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU).

PESQUISA EM ARTE
Residências Artísticas (2015-2014)
Residência Minimo
. Programa de Residência do Centro Rural de Arte. Coordenação de Elina Rodriguez e Maria Jose Trucco. Abril/maio de 2015. Centro Rural de Arte. Cazón, Argentina. 
Residência Phosphorus. Selecionado em edital nacional. Projeto realizado com apoio do PROAC - SP. Junho/Setembro de 2014. Phosphorus/CasaJUISI. 
Residência Artística Topografias Aéreas: Uma fábula sobre poleiros e artistas. Rede Nacional FUNARTE. Março/abril de 2013. Fazenda Fortaleza, Cumari (GO).
ArtePraia 2014. Selecionado em Edital nacional. Projeto realizado com recursos da Lei ROUANET: Ministério da Cultura e Governo Federal. Maio 2014. Casa da Ribeira. Natal (RN).

Exposições Coletivas (2016-2008) 
Diálogos possíveis 3
. Exposição do acervo recém-adquirido pelo CCUFG.  Curadoria Carlos Sena. Curador Assistente Divino Sobral. Junho/Dezembro 2016. CCUFG - Centro Cultural da UFG, Goiânia (GO).
Palavra+imagem. Exposição de livros, cadernos de artista e arte correio. Exposição itinerante com curadoria de Sylvia Furegatti e Lúcia Fonseca. Agosto/setembro de 2015: Museu Universitário de Arte (MUnA), Uberlândia (MG); Agosto de 2014: Museu de Arte Contemporânea de Campinas (MACC).
A página e o livro de artista. Curadoria de Lucia Fonseca e Glayson Arcanjo. Museu de Arte e Goiânia (GO). Abril/julho de 2015.
Triangulações. Exposição Itinerante. Curadoria Marília Panitz, Bitu Cassundé e Divino Sobral. Julho/agosto de 2015; Centro Cultural Universidade Federal de Goiás, CCUFG. Setembro/outubro; MAM - Museu de Arte da Bahia, Salvador (BA): Outubro/Novembro. MAC - Museu de Arte Contemporânea do Ceará, Fortaleza (CE).
Por em Página. Exposição do Bancada: Fernanda Grigolin, Glayson Arcanjo, Gustavo Torrezan, Natalia Coutinho e Rafaela Jemmene. Fevereiro de 2016. Galeria de Arte da Unicamp (GAIA), Campinas. Maio de 2016. Casa Salgot, Piracicaba (SP).
Artista pesquisador e seus campos de atuação. Exposição do Bancada: Fernanda Grigolin, Glayson Arcanjo, Gustavo Torrezan, Natalia Coutinho e Rafaela Jemmene. Proposta selecionada na convocatória 2014-2015 para a ocupação da Galeria Espaço Piloto, UNB, Brasília. Maio/junho de 2015.
Exposição Residência Phosphorus. Exposição dos processos realizados pelos residentes. Phosphorus/CasaJuisi (SP). Agosto de 2014.
Sintomas Estéticos Do Plural. Exposição coletiva dos professores da Faculdade de Artes Visuais da FAV. Curadoria Rubens Pilleggi de Sá. Galeria da FAV – UFG. Junho/julho de 2014.
Diálogo Desenho. Exposição itinerante onde o desenho é abordado em seu caráter ampliado. Curadoria Glayson Arcanjo. Maio/Junho de 2013: MunA: Museu Universitário de Arte; Julho/agosto de 2013: MAC Jataí. 
Salão Nacional de Artes de Itajaí. Curadoria Josué Mattos. Novembro 2013. Itajai (SC).  
Lugar Passagem. Intervenção realizada durante a Exposição Coletiva Marta Traba 15-30. Curadoria Lilian Amaral. Setembro/outubro de 2013. Galeria Marta Traba, Memorial da América Latina. SP. 
Topografia Aérea. Exposição Itinerante, conversa com os artistas e lançamento do livro. Exposição de programa contemplado no Rede Nacional FUNARTE de Artes Visuais. Novembro de 2013: EXA – Espaço Experimental de Arte, Belo Horizonte: Galeria do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais (UFBA/ EBA), Salvador (BA): Centro de Cultura e Arte – Cultart – Universidade Federal do Sergipe: Ponto de Cultura Catedral das Artes – Instituto Noé Luiz da Mota, Goiania (GO).
6B Desenho Contemporâneo Brasileiro. Curadoria Mauro Trindade . Centro Cultural Justiça Federal, Rio de Janeiro (RJ). Setembro/outubro de 2012.
9º Salão de Artes do SESC Amapá. Comissão curatorial Vânia Leal e Silvia Marques. Galeria Antônio Munhoz Lopes, Macapá, (AM). Novembro de 2012.
XXI Bienal do Recôncavo. São Felix (BA). Novembro/dezembro de 2012. Centro Cultural Dannemann. 
A Cidade é o Lugar. Curadoria Divino Sobral. MAC - Museu de Arte Contemporâne de Goiás, Goiânia (GO). Novembro/dezembro de 2012.
Não é Banal: sobre o desenho e a vida que se tem, que se leva, que se vive. Exposição coletiva integrante do VI Seminário de Arte e Ensino de Londrina: Micropolíticas. Curadoria Elke Coelho e Danillo Villa . Setembro/outubro de 2012. Divisão de Artes Plásticas, DAP Casa Branca, UEL. Londrina (PR). 
1º Prêmio Arte Contemporânea de Londrina. Menção honrosa. Prêmio organizado por Marcos Costa com patrocínio do PROMIC – Programa Municipal de Incentivo à Cultura. Novembro, 2011. Museu de Arte de Londrina (PR).
43 º Salão de Arte Contemporanea de Piracicaba. Pinacoteca Municipal Miguel Dutra. Piracicaba. Fevereiro/março de 2010.
36º SARP- Salão de Arte Contemporanea de Ribeirão Preto. Agosto de 2011. Museu de Arte de Ribeirão Preto (SP).
Experiências em campo cerrado: pesquisa em Poéticas Visuais na Universidade Federal de Uberlândia. Exposição coletiva realizada no Espaço Eugènie Villien, Faculdade Santa Marcelina, São Paulo. Curadoria: Marco Antonio Andrade. De 03 a 17 de junho de 2010.
Malaflorsacoladeretalho. Exposição dos artistas Camila Moreira, Cláudia França e Glayson Arcanjo. Galeria Ido Finotti, Uberlândia, de 19 de novembro de 2007 a 13 de janeiro de 2008.

Exposições Individuais (2010-2004)
Litorâneas
. Galeria de Arte Ido Finoti. Uberlândia. 2010. Exposição composta de 4 proposições; Ruína circular: palavras de areia construidas em círculos concêntricos no chão da galeria.  Poemasparamar: série de fotografias explorando construções de palavras realizadas diretamente na praia. Lembranças de mar: monóculos com fotografias da infância no litoral. Arrebentação: conjunto de fotografias da água do mar após o movimento de sua arrebentação na areia. Materiais utilizados: Grãos de mármore, monóculos, fotografia.
a(I)nda desenho. Galeria de Artes da FAV. Universidade Federal da UFG. 2008. Exposição composta de 4 proposições explorando distintas abordagens do desenho; a(i)nda desenho: série de desenhos em grafite sobre papel explorando o gesto, a linha e a escrita manual. Poemasparamar: série de fotografias explorando construções de palavras realizadas diretamente na praia. Risco da linha: desenhos lineares realizados em papel de 10 metros. Ruína circular: palavras de areia construídas em círculos concêntricos no chão da galeria e desmanchadas pela artista Ana Behatriz no último dia da exposição.    
a(I)nda desenho. Sala de Pesquisas Visuais. Museu Universitário de Arte. MUnA. 2006. Exposição em que propus habitar diariamente o interior da galeria do museu utilizando-me das paredes do espaço para desenhar e escrever o que primeiro viesse a cabeça, apagando depois do décimo dia todos os grafismos realizados nas superfícies. Materiais utilizados: grafite sobre parede.
Entreriscos. Galeria de Arte Ido Finoti. Uberlândia. 2004. Exposição de desenhos da série Entreriscos, composta por 14 desenhos em grafite sobre papel e intervenção com texto diretamente na parede. Materiais utilizados: Grafite sobre papel (emoldurados), textos plotados.


Currículo pdf

Contato

glaysonarcanjo@hotmail.com

Nome

E-mail *

Mensagem *

Copyright © Glayson Arcanjo - Site: Santiago Régis